ACESSIBILIDADE

-A

A

+A

MENU

09/05/2022

Dia 13 de maio

Imagem tirada do Catálogo da Escravidão - APU

Em 13 de maio de 1888, após três séculos de resistência e luta, acabava no Brasil - pelo menos legalmente - a escravidão. A princesa Izabel assinou a Lei Áurea que mudou a vida dos quase setecentos mil escravizados que viviam no Brasil.

 

É fundamental dizer que essa Lei não foi promulgada pela bondade de nossosgovernantes; ela foi produto de muita resistência negra, de muitos debates sociais e da luta abolicionista que pode ser considerada umadas maiores movimentações sociais da história do nosso País.

 

Também devemos nos lembrar que o Império não se preocupou com o destino dos negros após o fim da escravidão; eles foram abandonados à própria sorte, sem qualquer tipo de auxílio ou justa reparação. Enquanto os antigos escravizados eram desprezados o governo brasileiro incentivava a imigração de povos europeus, concedendo incentivos e até terras para cultivo.

 

Devemos muito ao povo escravizado.Nossa cultura é absolutamente marcada por traços imprimidos pelos africanos e seus descendentes. Nossa língua, nossa música, nossa dança, nossa comida são produtos da junção de muitas culturas, mas com traços claros da influência africana.

 

Ainda hoje, 134 anos após a Lei Áurea, não conseguimos cumprir com a obrigação de dar as mesmas condições de vida a todos os brasileiros. Ainda existe uma dívida a ser paga...

 

Ainda hoje, 134 anos após a Lei Áurea, não conseguimos cumprir com a obrigação de dar as mesmas condições de vida a todos os brasileiros. Ainda hoje não respeitamos os negros como devemos, ainda existe uma dívida a ser paga...

 

José Rezende Filho

Superintendente do Arquivo Público de Uberaba

OUTRAS NOTÍCIAS

0800 940 0101

Todos por Uberaba

0800 942 3160

Saúde Atende

156

Ouvidoria-Geral

Atendimento ao público: 12h às 18h

Av. Dom Luiz Maria Santana, 141 - Santa Marta - CEP.: 38061-080 - Uberaba/ MG - Tel.: (34) 3318-2000

CODIUB © 2022 GOVERNO MUNICIPAL DE UBERABA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.